TEMPO SECO AGRAVA DERMATITES ALÉRGICAS NOS ANIMAIS

TEMPO SECO AGRAVA DERMATITES ALÉRGICAS NOS ANIMAIS

11 de agosto de 2016 Adultos, Cães, Curiosidades, Dicas, Gatos 0 Comments

Normalmente, as dermatites alérgicas em cães e gatos, em que o principal sintoma é a coceira, são bastante agravadas no inverno. Nessa época do ano, a pele dos animais tende a ficar mais seca. “Além de o clima estar mais seco e a pele perder mais água para o meio ambiente, banhos quentes potencializam a secura e descamação, e a coceira aumenta ainda mais”, comenta Dr. Marcos Fernandes, veterinário homeopata.

Como prevenção, durante os dias mais frios do ano são necessários cuidados especiais com o banho. “É preciso estar atento à temperatura da água e evitar que esteja muito quente ou muito fria”, sugere o veterinário. “Secar adequadamente os pelos e evitar variações bruscas de temperatura são cuidados importantes. A escolha correta do produto de higienização também é fundamental para a saúde do animal”.

Queda de pelos
Durante a estação mais fria e seca do ano, os pelos dos animais tendem a cair menos para que eles possam se proteger das baixas temperaturas. “É como se fizéssemos analogia às nossas roupas, ou seja, no inverno colocamos mais roupas e no verão tiramos. Assim também são os pelos, no inverno os animais seguram a pelagem e no verão eles soltam”, diz o Dr. Marcos Fernandes.

A queda acentuada dos pelos no inverno pode ser um sinal de que algo está errado com a saúde do animal. “Os pelos caem por inúmeras razões, que vão desde a queda natural, dermatopatia, problemas de saúde sistêmicos, tais como insuficiência hepática e renal, e até problemas emocionais”, esclarece o médico-veterinário. “Desta forma, a queda sendo acentuada no inverno é o momento de o tutor recorrer a um médico veterinário”, finaliza.

Fonte: petshopmagazine.com.br





Deixe seu comentário